A beleza não está nem na luz da manhã nem na sombra da noite, está no crepúsculo, nesse meio tom, nessa incerteza.
Home Facebook Twitter Instagram ASK
theme ©
Se Vc Pudesse Viver Para Sempre, Pelo Que Vc Viveria?

Odeio qualquer verbo conjugado no passado: Foi. Abandonou. Amou. Esqueceu. Deixou.


Quando a gente faz da pessoa um mundo e essa pessoa vai embora, significa que o mundo acabou?


Não é apenas um silêncio, não é apenas um drama, não é apenas um choro, não é apenas um sumiço - É um cansaço, é uma desistência, é um pedido de ajuda não atendido, é saber que alguém não sentiu minha falta, é uma decepção, é não achar a pessoa no momento certo. Então, não me pergunte porque eu me afastei, pois quando eu precisava falar, você não estava lá.


A gente gosta enquanto pode, esquece quando é preciso e aprende a lutar por aquilo que vale a pena possuir.


Eu poderia escrever por horas e encher algumas folhas pra me libertar desse excesso de pensamento, também poderia me aprofundar e explicar em detalhes os motivos que me acertam no peito, mas hoje, a única coisa que preciso dizer, é um velho e manjado clichê, eu sinto sua falta.


Se der certo ou não, não importa, o que importa é que eu tentei e fui o mais longe que pude.


E eu te deixo ir, porque tentar te fazer ficar doeria bem mais. E saber que em meio a tantos motivos você não foi capaz de se segurar em sequer um pra não precisar ir, me faz não ter o direito de te impor ou cobrar nada. Mas eu quero, quero gritar que você não pode, não deve e não vai embora assim. Olhar a melhor coisa do mundo deixando de ser o meu mundo não é lá a melhor sensação que se pode ter.


Aposto contigo que o tédio é incolor. E a solidão é negra como a medula de um furacão. O curioso é o efeito que dá ao confrontar os dois: meus olhos solitários e o teto pálido. Entre o preto e o branco, há matizes que às vezes são impossíveis até de imaginar. Gosto das cores que não existem. Aquelas que ninguém descobriu, com medo de misturar os pinceis e arruinar suas tintas que já possuía em princípio. Qual a cor oficial do tédio?



Tomando Dorflex, porque o coração também é músculo. Vai que melhora.



É isso. Eu preciso de você. Preciso de você tanto, mas tanto, que até eu chego a me assustar com isso.


Vem sem avisar, sem ligar, sem me dar ansiedades. Vem na surpresa do vento e na poesia da primavera. Seria bom se você viesse.


Tem um monte de coisa sobre mim que talvez eu nunca vá conseguir te explicar. É um pouco sobre a minha insônia, mais um pouco sobre os meus sonhos e um pedacinho sobre os meus silêncios. E por mais difícil que seja amar aquilo que a gente não entende, me ame mesmo assim. Me deixa ser egoísta e não querer te dividir com o mundo lá fora, que é sujo e desonesto. Me deixa te proteger da solidão que nem eu sei me desvencilhar.


Aí você fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça, fuça mais um pouco, lê o que não deve e fica triste.